loader

Profissionais da enfermagem do Hospital Rafael Fernandes denunciam carência de máscaras N95 na unidade

Foto

Profissionais da enfermagem lotados no Hospital Rafael Fernandes denunciaram ao Sindsaúde Mossoró a falta de máscaras N95 na unidade. O hospital é referência para tratamento de casos graves de COVID-19, contando com 10 leitos de UTI que atualmente estão lotados com pacientes infectados com o Coronavírus.

Os profissionais da unidade também relatam que dois funcionários atualmente se encontram infectados com COVID-19. Mesmo diante deste cenário, não existem máscaras N95 suficientes para distribuir entre profissionais da enfermagem que trabalham no hospital.

A denúncia se torna mais grave quando os profissionais relatam que a direção do hospital orienta que sejam utilizadas em serviço as máscaras cirúrgicas comuns. Como se sabe, as máscaras cirúrgicas não são eficazes para proteger profissionais da saúde manejando com pacientes internados, durante longos plantões de 12 e 24 horas. O Sindsaúde exige que o Governo do Estado garanta proteção epidemiológica aos trabalhadores e trabalhadoras da saúde do Hospital Rafael Fernandes, bem como de todas as unidades de saúde. Solicitamos ainda que a direção do HRF se pronuncie acerca da denúncia relatada pelos profissionais da enfermagem.

Deixe o seu Comentário

Últimas Postagens